top of page
  • Carla Lepesteur

Mas afinal, o que é conservadorismo?

Se você, assim como milhões de brasileiros, se identifica como conservador, é fundamental entender o que esse termo significa. Essa é a sua oportunidade de descobrir! Clique aqui: Eu sou conservador!


Conservadorismo

Na busca pelo desenvolvimento da sociedade, o que é necessário conservar e o que é necessário modificar?


O termo “conservador” tem sido cada vez mais utilizado no Brasil. Se, antes, os conservadores eram quase desconhecidos, agora há um incentivo para que as pessoas se posicionem como “conservadoras”.


Acontece que a popularização do termo também trouxe equívocos em relação ao que ele significa. Ao contrário do que o dicionário aponta, por exemplo, o conservador não se opõe às mudanças, mas acredita que elas devem ser feitas com cautela.


Pensando na importância do crescimento pessoal e intelectual dos brasileiros e, principalmente, do entendimento sobre o que é o conservadorismo, Thiago Manzoni apresenta um curso totalmente gratuito que explica de forma objetiva e prática o que você está dizendo quando afirma: "eu sou conservador".


No curso "Eu sou Conservador", você vai aprender:

  • O que é conservadorismo

  • Pilares do conservadorismo

  • Princípios do conservadorismo

Para quem é o curso?

  • Para todos que acreditam que são conservadores

  • Para todos que valorizam a preservação de tradições e valores fundamentais

  • Para todos que acreditam que tradições e instituições são essenciais para a manutenção da coesão social e a continuidade histórica


Para defender o que você acredita, é preciso entender a raiz do que você acredita. Com o curso "Eu sou conservador", você vai ter condições de dialogar e ajudar outras pessoas a entenderem o conservadorismo.


Conservadorismo

Importantes argumentos do conservadorismo

  • Prudência como virtude fundamental - reconhecer os limites do conhecimento humano e a complexidade das interações sociais.

  • Rejeição dos conservadores às utopias políticas - valorizar a prudência e a sabedoria prática, reconhecendo que a mudança deve ser gradual, respeitando a tradição e levando em conta as circunstâncias e as experiências históricas.

  • Rejeição aos radicalismos e extremos - valorizar a estabilidade, a ordem e a continuidade. Reconhecer a importância das instituições, tradições e valores transmitidos ao longo da história.


Oportunidade de se desenvolver


O curso "Eu sou conservador" é baseado nos autores mais famosos do conservadorismo. Durante as aulas, Manzoni vai mostrar importantes teorias defendidas por conservadores históricos.





Comments


bottom of page