top of page

Dia Internacional para Erradicação da Pobreza

A pobreza extrema despencou à medida que a economia de mercado se expandiu

Historicamente, a pobreza era a norma, mas hoje, graças a sistemas econômicos eficazes, avanços tecnológicos e maior conhecimento, as pessoas saem da pobreza a cada segundo. A globalização capitalista é caracterizada pela divisão do trabalho em escala global e pela especialização da mão-de-obra, concentrando a produção industrial em países de baixos custos trabalhistas. Isso resulta em produtos melhores a preços mais baixos, o que beneficia os mais pobres, permitindo-lhes escapar da pobreza extrema. Mas, qual seria a causa por trás deste acelerado ritmo de erradicação da pobreza? Por que os últimos 30 anos foram o período da história em que mais gente conseguiu escapar da miséria extrema? Essencialmente, graças à ampliação do capitalismo e da globalização. Mais liberdade comercial, mais capitalismo, significa mais enriquecimento e maior padrão de vida. Liberdade econômica - A globalização e o livre comércio andam juntos com a liberdade econômica. E a expansão da liberdade econômica coincidiu com essa impressionante redução na pobreza extrema global. A globalização capitalista é um fator crucial nesse processo, e reconhecer seu impacto positivo é fundamental para combater o pessimismo e celebrar a redução da pobreza ao longo da história.


Veja os gráficos sobre o tema:

Gráfico 1

A área vermelha mostra o número de pessoas ao redor mundo vivendo na pobreza extrema; a área verde mostra o número de pessoas ao redor do mundo que não estão na extrema pobreza.

__


Gráfico 2

Porcentagem da população mundial na pobreza extrema. Fonte: Banco Mundial __


Gráfico 3

No eixo Y, a taxa de pobreza absoluta; no eixo X, a abertura do país ao livre comércio. Fonte: Is Globalization Reducing Absolute Poverty? (2014)

__

Gráfico 4

No eixo Y, o coeficiente de Gini; no eixo X, a evolução do tempo. Os pontos verdes representam a desigualdade global. A linha azul mostra a evolução da desigualdade internacional ponderada pelo crescimento populacional. A linha vermelha mostra a evolução da desigualdade internacional sem qualquer ponderação. Fonte: Branko Milanovic __


Gráfico 5

Liberdade econômica e taxas de pobreza extrema e pobreza moderada. No eixo Y, a taxa de pobreza. No eixo X, o agrupamento de países de acordo com sua liberdade econômica. Quanto mais à direita, maior a liberdade econômica. Em cada agrupamento há o percentual de pobreza extrema (extreme) e de pobreza moderada (moderate). Fonte: Cato Institute et al., "Economic Freedom of the World: 2016 Report."

Comments


bottom of page