top of page
  • Ananda Moura

O papel dos acadêmicos é dar munição aos parlamentares, que são as vozes da sociedade

Em Audiência Pública, Adriano Paranaiba falou sobre liberdade de expressão e a tentativa de cerceá-la

Na última terça-feira (6), o editor-chefe do Instituto Mises, Adriano Paranaiba, debateu sobre debater a institucionalização da censura no Brasil e o papel do parlamento na defesa das liberdades individuais, em uma Audiência Pública na Câmara Legislativa do DF. O evento foi uma iniciativa do Deputado Distrital Thiago Manzoni.


Adriano começou a sua participação dizendo que o papel dos acadêmicos é dar a munição para os parlamentares, que são as vozes da sociedade, para realmente fazerem com que a discussão de dentro da academia, alcance todos os brasileiros.


“Parabenizo a todos, principalmente entre todos os deputados aqui presentes, principalmente ao deputado Thiago Manzoni que teve a coragem, o enfrentamento desse desafio, constituindo uma CPI”, disse.


Foto: Jeremias Alves


Paranaiba explicou que estamos com uma cultura mundial chamada “woke”, na qual a juventude vive no momento de maior abundância na sociedade, por conta das benesses que o pouco de capitalismo que tivemos, está favorecendo toda a sociedade.


“E agora estão querendo lutar contra esses benefícios que a Liberdade, que o livre mercado, mesmo sendo muito combatido, ainda existem alguns espaços e conquistaram grandes feitos para a humanidade, estão combatendo. Então o Brasil é, na verdade, um grande reflexo dessa tentativa de construir um mundo bonito”.

E no fim das contas, segundo Adriano, quem estava muito correto era o grande filósofo Karl Popper, no seu livro “A Sociedade Aberta e Seus inimigos”, que dizia que a tentativa de trazer o céu para a terra, invariavelmente vai produzir o inferno.


“E é isso que estamos vivendo hoje no inferno, onde as pessoas não podem pensar mais, onde as pessoas são tolhidas da única coisa que diferencia o homem de toda a criação, de todo o universo, que é a capacidade de pensar e de questionar”.

O instituto Miss Brasil recentemente teve a iniciativa de produzir uma revista acadêmica sobre a Liberdade no Brasil.


“Trouxemos pesquisadores de vários locais do país para publicar artigos numa edição especial que lançamos online e estamos aí em vias de fazer um lançamento em Brasília. Convido todos a visitarem o site do Instituto Mises Brasil na nossa edição especial sobre a Liberdade”, contou Paranaiba.

Kommentare


bottom of page