top of page

O 8 de janeiro foi o resultado de uma sucessão de erros que não me parecem casuais", disse Manzoni

Os órgãos públicos responsáveis já foram identificados; falta identificar as pessoas


Nesta quinta-feira (10), o Deputado Thiago Manzoni fez perguntas ao depoente da CPI da Câmara Legislativa, o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública e delegado Anderson Torres. No dia 8 de janeiro, Torres estava à frente da pasta de segurança do DF e em viagem nos Estados Unidos. Segundo o delegado, o Plano de Ações Integradas (PAI) do dia 8 não foi cumprido.

Manzoni faz perguntas a Anderson Torres
Reprodução CLDF

Na sua fala, o Deputado Thiago Manzoni fez um resumo dos depoimentos anteriores e frisou as falhas no PAI - Plano de Ações Integradas:


“Vários depoimentos nós já colhemos aqui da Polícia Militar, e a gente não tem dúvida de que o PAI não foi executado como deveria ser, mas eu queria ressaltar um aspecto em especial. São tantas falhas na operação de maneira geral que é difícil alguém acreditar que isso aconteceu de maneira aleatória. São falhas na Polícia Militar, no GSI, no Senado, no Congresso, falha no Supremo. Quer dizer, todos os órgãos de segurança falharam nas suas atribuições para manter intactos os prédios públicos. É difícil a gente acreditar que isso tenha sido casual”, disse o deputado.

Considerando a experiência de secretário de Segurança Pública e de Ministro da Justiça, cargos já ocupados por Torres, Manzoni perguntou qual linha de investigação se adotar na CPI para se chegar aos culpados:


“Qual caminho deve ser adotado, qual linha de investigação deve ser adotada para que a gente ache as pessoas que eventualmente se omitiram e que cometeram delitos, quer por ação, quer omissão? Porque as instituições, a gente já sabe quais erraram, como achar as pessoas?”

Anderson Torres responde a perguntas de Manzoni
Foto: Jeremias Alves

Anderson Torres respondeu que acredita que a CPI da Câmara Legislativa está no caminho certo e mais adiantado:


“Eu percebo que os senhores têm bem claro o cenário que aconteceu aqui em Brasília. Encontrar as pessoas é consequência desta investigação que os senhores têm feito. Realmente, eu acho que tem os responsáveis ali, quem são os chefes... enfim. Não vai ser tão fácil chegar, mas eu acho que a CPI da Câmara Legislativa está bem adiantada nesse aspecto. Os senhores estão bem perto de chegar ao que realmente aconteceu. O senhor fez um brilhante preâmbulo aí, citou o PAI, e o que a gente diz é, mais uma vez: esse PAI foi muito bem-feito, muito bem pensado e precisava ter sido cumprido na íntegra”, concluiu.


תגובות


bottom of page