top of page

Manzoni responde ao chamado de comerciantes e moradores da Asa Norte afetados por onda de violência

Tradicional panificadora do bairro fecha as portas após repetidos assaltos


Moradores de rua acampados na Asa Nortr
Asa Norte

Desamparados, comerciantes e moradores da Asa Norte pediram ajuda ao Deputado Thiago Manzoni neste sábado (13). O grupo se reuniu com o Deputado para tratar da crescente violência no bairro.


Segundo relatos do grupo que se reuniu na 708/709 Norte, a população da Asa Norte não aguenta mais a violência, e os comerciantes estão fechando seus estabelecimentos.


"Pessoas que se dizem moradores de rua, na verdade são viciadas e até traficantes de drogas que praticam atos de violência de maneira recorrente. Os moradores já não sabem mais o que fazer", relata Manzoni.

Os comerciantes estão fechando os estabelecimentos e saindo da Asa Norte. A Panificadora Portuguesa, por exemplo, na 708/709, fechou as portas recentemente, por ter sido alvo de vários assaltos.


"Acabei de sair da reunião e tive essa notícia ruim do fechamento da Panificadora Portuguesa. Comprei muitas vezes aqui. Infelizmente, isso aumenta a pobreza, diminui emprego e renda", lamentou o Deputado.

O Deputado recebeu inúmeros vídeos de pessoas usando e traficando crack nas proximidades da 708/709. A respeito dos moradores de rua, hoje há uma decisão do Supremo Tribunal Federal que proíbe os governos de retirarem as pessoas que moram nas ruas.


"O que acontece aqui em Brasília, em especial na Asa Norte, é que muitas dessas pessoas acabam se envolvendo em atos de violência para adquirir drogas, passam a traficar e cometem crimes, furtos e roubos. O número de esfaqueamentos aqui cresce sem parar. Brasília precisa mudar. Precisamos rever a forma como nós lidamos com esse problema", explicou Manzoni.




Comments


bottom of page