top of page

Manzoni participa de 1° Congresso Conservador de Guarulhos

Nesta segunda-feira (4) aconteceu a primeira edição do Congresso Guarulhos Conservador. O Deputado Thiago Manzoni foi convidado a falar na conferência que promoveu palestras e discussões sobre pautas nacionais e locais, sob o pensamento político de direita.


 o Deputado Thiago Manzoni disse que o povo torna politicamente vantajoso fazer o que é certo e no Brasil
Reprodução YouTube

O evento foi realizado pelo Movimento Guarulhos Conservador (MGC) e contou com mais de 900 inscritos. O Vereador Ticiano Americano, presidente da Câmara Municipal de Guarulhos, foi o embaixador do congresso, que contou também com videochamada do presidente Bolsonaro.


Na ocasião, o Deputado Thiago Manzoni disse que o povo torna politicamente vantajoso fazer o que é certo e no Brasil, o que é certo para o brasileiro é ser conservador.


"80% da população brasileira se diz cristã, ou seja, tem como livro sagrado e regra de fé para sua vida a Bíblia e os princípios que estão contidos naquele livro. Isso fala muito sobre o nosso conservadorismo, porque o conservadorismo tem um vetor transcendente necessariamente vinculado ao cristianismo e é por isso que nós reagimos na urna".

Manzoni relembrou o fenômeno que foi a ascensão do presidente Bolsonaro na política, quando ele teve coragem de dizer aquilo que o brasileiro acreditava.


"Ao tocar nos instintos do povo brasileiro, nessa ordem transcendental, Bolsonaro fez algo que é muito importante para a gente. Ele moveu a janela eleitoral do Brasil".

O Partido Liberal elegeu 99 deputados federais no Brasil inteiro nessa última eleição, atualmente, o maior partido político hoje na Câmara Federal, justamente o partido do presidente Bolsonaro.


"Nós vencemos as eleições, mas ainda não conseguimos vencer os debates e as votações dentro das casas de leis, porque é necessário que nós tenhamos fundamentos sólidos naquilo que acreditamos. É necessário que nos posicionemos nas situações em que há decisões conflitantes e polêmicas a serem tomadas", disse Manzoni.

Os debates da noite foram abertos com Marco Antonio, Adrilles Jorge e Diogo Forjaz. Eles falaram sobre "Liberdade de Expressão". Em seguida, os influenciadores Felipe Bolsonaro, Rafael Satie, Pablo Almeida e Nelson Júnior falaram sobre "Guerra Ideológica".


Com o tema "Isso não é inclusão, é imposição", os influenciadores Fernando Holiday (vereador na Capital), Lucas Pavanato, Eduarda Campopiano e Jessica Rosário trouxeram visões sobre racismo, feminismo, homofobia e os processos que a esquerda usa para vitimizar os indivíduos que eles dizem proteger.


O Deputado Federal Ricardo Salles também falou no evento. Ex-ministro de Bolsonaro, Salles disse que ainda luta para ser pré-candidato a prefeito na Capital.


"Pegamos um país destruído após 22 anos de governos de esquerda. Foram quatro anos de reconstrução, mesmo em meio a uma pandemia e com uma guerra na Europa. Deixamos um legado de austeridade e moralidade na administração pública. Mas eles voltaram e já estão destruindo tudo de novo", lamentou.

Movimento Guarulhos Conservador (MGC)

O MGC foi idealizado pelos jovens influenciadores Lucas Rosário, Fernando Lisboa, Glayson Araújo e o advogado Marcos Lisboa, com a missão de representar e preparar os conservadores para retomar espaços na guerra cultural atual. *Com informações do site Guarulhos Hoje



bottom of page