top of page
  • Ananda Moura

Dia do Direito à Vida

Esta data foi escolhida, 8 de outubro, por anteceder o Dia da Criança, incentivando a lembrança das crianças ainda não nascidas


É uma covardia pessoas pedirem o assassinato de crianças indefesas, que têm o tamanho menor do que a palma de uma mão. A sociedade brasileira não pode admitir que essas vidas sejam ceifadas no ventre de suas mães. O ventre das nossas mulheres é local de vida e não de morte.

A sociedade brasileira não pode admitir que essas vidas sejam ceifadas no ventre de suas mães
Foto: Renan Lisboa/ Agência CLDF

Um bebê de 12 semanas na barriga da mãe, ele tem braços, tem pernas, tem nariz, tem mãos. Está num único lugar onde ele é seguro e protegido. Ele não tem força para se defender de nenhum ataque. Ele é frágil. Ele é indefeso. Ele está sendo formado, ele é vivo ao mesmo tempo. O seu coração já bate.


Vamos lutar para que os bebês tenham direito de viver!

Коментарі


bottom of page