top of page
  • Carla Lepesteur

Bia Kicis é a nova Presidente do PL-DF. Manzoni assume Secretaria-Geral

Evento de posse reuniu nomes importantes do partido como Michelle Bolsonaro e Valdemar da Costa Neto


Um evento histórico marcou a posse da Deputada Federal Bia Kicis como Presidente do Partido Liberal no DF nessa quinta (30).



A escolha da parlamentar tem tudo a ver com a sua relevância para a cidade. Bia começou sua carreira política em meio às manifestações na Esplanada por um governo melhor para o país. Aliada de Jair Bolsonaro, teve votações expressivas desde sua primeira eleição, em 2018.


Em 2022, entrou para a história como a mulher mais votada do país proporcionalmente, com 214.733 votos. Na Câmara dos Deputados, ocupa atualmente a Presidência da importante Comissão de Fiscalização Financeira e Controle.



O Deputado Distrital Thiago Manzoni será o Secretário-Geral do Partido ao lado de Bia. Durante seu discurso, o parlamentar enfatizou que o evento marca um momento importante para o conservadorismo no Distrito Federal.


"Até bem pouco tempo atrás nós tínhamos vergonha de dizer que éramos de direita. O politicamente correto e a doutrinação ideológica nos calaram e ceifaram a nossa voz. Mas um líder se levantou: Jair Bolsonaro. E deu voz a milhões de brasileiros que hoje se sentem à vontade para dizer o que pensam, à vontade para dizer que a família vale a pena defender, que nós defendemos as nossas crianças, que nós somos a favor da vida desde a sua concepção, que nós somos a favor das liberdades, da liberdade econômica, da liberdade de expressão, da liberdade de ir e vir. Nós nos levantamos e esse fenômeno não vai mais retroceder", disse Manzoni.

No palco, ao lado de Bia e Thiago, estavam nomes importantes do PL: a Presidente do PL Mulher Nacional, Michelle Bolsonaro, o Presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto, o Secretário de Relações Institucionais do partido, General Braga Netto, e o Deputado Distrital Joaquim Roriz Neto.


bottom of page