top of page

Manzoni participa de seminário da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Educação sem Doutrinação

Nesta terça-feira (11), o Deputado Thiago Manzoni foi um dos palestrantes do 2º Seminário da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Educação sem Doutrinação, ocorrido na Câmara dos Deputados. Manzoni foi convidado pelo deputado federal Gustavo Gayer, e o debate contou com a participação dos deputados Nikolas Ferreira, Carla Zambelli, entre outros.

Manzoni participa de seminário da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Educação sem Doutrinação
Foto: Jeremias Alves

Em sua fala, Thiago Manzoni afirmou que o Brasil é uma nação de analfabetos funcionais e que é impossível um país onde as pessoas não sabem ler e escrever prosperar e gerar riqueza. O parlamentar baseia-se em alguns relatórios recentes sobre educação, como dados do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (PISA), que mostram o Brasil abaixo da média em relação a outros países.


“É impossível que um país forme engenheiros, forme físicos, forme professores, se nas nossas escolas os conteúdos elementares não são ensinados”, disse o deputado.


Em relação a outras nações, o Brasil é subdesenvolvido e, em grande medida, isso se deve ao que a esquerda produziu nas escolas do Brasil. Historicamente, as ideologias de esquerda vêm sendo priorizadas em detrimento do ensino de disciplinas elementares, como matemática e português.


“O tempo em que a esquerda dominava as nossas escolas acabou. Essa geração que se levantou no Brasil está tirando as escolas das garras da esquerda.”
Manzoni participa de seminário da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Educação sem Doutrinação
Foto: Jeremias Alves

O Brasil é majoritariamente cristão e, segundo Manzoni, as famílias ensinam em casa que existe um Deus. O parlamentar ressaltou que é direito dos pais educar seus filhos na moral, na ética e na religião.


“Não pode a escola, como pretende a CONAE (Conferência Nacional de Educação), querer ensinar em sentido diverso. A função da escola é escolarizar as crianças e os jovens, e a esquerda radical brasileira e mundial tenta roubar dos pais o direito e o dever que eles têm de educar seus filhos”, explicou Manzoni.

Manzoni participa de seminário da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Educação sem Doutrinação
Foto: Jeremias Alves

Thiago Manzoni realizou, em março deste ano, uma audiência pública na Câmara Legislativa do DF para discutir o documento base para o Plano Nacional de Educação (PNE) dos próximos dez anos, cujo conteúdo pauta principalmente questões ideológicas, sobrepondo-se ao ensino das disciplinas. Além disso, o intuito de combater o agronegócio e o homeschooling é evidente no conteúdo.


“Eu tenho em mãos o documento final produzido pela CONAE, que não fala sobre aprendizagem, assim como o SNE (Sistema Nacional de Educação), que é a sovietização completa das nossas escolas. Nós não podemos admitir que isso seja aprovado pelo Congresso Nacional e é por isso que nós estamos batalhando também na Câmara Distrital”, afirmou.

Manzoni se dirigiu aos alunos presentes e aos professores, expressando sua preocupação com o futuro que os jovens vão construir e sua admiração pelo trabalho essencial dos professores.
Foto: Jeremias Alves

Manzoni se dirigiu aos alunos presentes e aos professores, expressando sua preocupação com o futuro que os jovens vão construir e sua admiração pelo trabalho essencial dos professores.


“Alunos, nós queremos que vocês sejam escolarizados e aprendam aquilo que vai ser útil para que produzam na vida de vocês. Professores, nós respeitamos e valorizamos aquela que talvez seja a profissão mais importante de todas. É necessário que o Brasil reveja todas as suas políticas em relação a professores, inclusive em relação à política de pagamento”, concluiu o distrital.



Comentários


bottom of page